Rolê das Eleições: Mobilização pública aumenta número de jovens com título de eleitor

2022 é ano de eleições, mas será que os jovens estão engajados no seu direito de votar? Em fevereiro, tivemos o menor número de adolescentes de 16 a 17 anos com título de eleitor da história. Pouco mais de 830 mil jovens tinham o documento, enquanto nas últimas eleições, em 2018, eram mais de 1,4 milhão de jovens na faixa etária com o documento. 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE), o Brasil tem mais de 6 milhões de pessoas entre 16 e 17 anos e o número de jovens com título de eleitor em fevereiro era de apenas 13,6%. No mesmo mês em 2018, o percentual era de 23,3%.

Mobilização pública 

Com o contingente de jovens tão baixo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se mobilizou para reverter essa situação. Entre os dias 14 e 18 de março, o órgão promoveu a Semana do Jovem Eleitor que contou com um tuitaço com mais de 88 milhões de menções. O resultado foi 96.425 novos títulos para jovens entre 15 e 18 anos. 

ROLÊ DAS ELEIÇÕES

Foto: Divulgação/TSE

Artistas se unem para incentivar jovens a tirarem seu título

 Após a divulgação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do baixo contingente de emissões do título eleitoral, diversas personalidades públicas se manifestaram. Anitta, Luiza Sonza, Carlinhos Brown, Bruna Linzmeyer, além da jornalista Miriam Leitão e muitos outros artistas,  usaram suas redes sociais para incentivar os jovens a tirarem seu título de eleitor. 

O resultado foi uma grande campanha virtual que levou até mesmo o ator norte americano Mark Ruffalo a participar pelo twitter. "Em 2020, os americanos só derrotaram Donald Trump porque os eleitores usaram seus direitos democráticos, especialmente os jovens. (...) Brasileiros de 16 e 17 anos, devem se registrar para votar nas próximas eleições. Eles têm até 4 de maio para fazer isso!”, disse o ator após compartilhar um dos tweets da cantora Anitta.

 

         

Mas como tirar o título de eleitor online?

Se você ainda não tirou seu título de eleitor, tem até o dia 4 de maio para regularizar sua situação. O requerimento é feito de forma totalmente online, através do portal do TSE. Basta apenas enviar alguns documentos, como identidade e comprovante de residência, e informar um telefone de contato.